Escrever artigos técnicos para o maior portal de tecnologia da informação do Brasil está sendo uma experiência incrível, cada dia que passa ganho mais conhecimento.

O Projeto no qual participo, o B-Expert temos como nosso líder o renomado profissional Rafael Bernardes.

Para quem não conhece o Rafael Bernardes, ele é um dos fundadores do portal Cooperati, profissional renomado, reconhecido pela Microsoft como um dos maiores influenciadores de tecnologia da informação no Brasil.

Ele também é proprietário do portal BernardesTreinamentos Online. Um dos maiores portais de cursos online, voltado para tecnologia da informação.

Em cada reunião o Rafael Bernardes passa um pouco da sua experiência e conhecimento, ajudando os participantes do projeto a produzir conteúdo de qualidade para o portal Cooperati.

Uma das melhores experiências que eu tive, aconteceu no dia 24 de Maio de 2017, aonde fiz uma apresentação ao vivo junto com Leandro Amorim, outro participante do projeto B-Expert, palestramos sobre as principais novidades do Windows Server 2016 para pequenas é medias empresas, foi uma apresentação muito bacana.

Por isso minha ausência durante o mês de Maio, pois estava focado em produzir está apresentação e o artigo para o portal Cooperati.

Quem quiser rever essa apresentação sobre as novidades do Windows Server 2016 para pequenas é medias empresas, clique aqui.

Agora vamos mudar de assunto, falar do mais novo artigo escrito por min para o portal Cooperati. Neste artigo apresento uma ferramenta que poucos profissionais de TI conhecem, o MAP Toolkit.

O Microsoft Assessment and Planning Toolkit é uma ferramenta poderosa, que vai lhe ajudar a inventariar toda sua rede, lhe dano informações e relatórios exatos.

Com MAP Toolkit é possível até verificar se suas máquinas virtuais estão preparadas para serem migradas para o Azure.

Isso é só uma das capacidades que o MAP Toolkit pode lhe entregar.

Para saber mais sobre o MAP Toolkit, acesse o portal Cooperati, leia o novo artigo escrito por min.

 Nome do artigo: Como fazer o inventário de rede utilizando o MAP Toolkit.