Olá pessoal, tudo bem?

Primeiramente gostaria de informar que este artigo é muito importante, pois ele será um pré-requisito de outros artigos que virão.

O Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management) é um recurso bastante poderoso na administração remota do Windows. A partir do Windows Server 2012 ou superior, ele vem habilitado por padrão, mas em sistemas operacionais clientes, como Windows 7, Windows 8 e Windows 10 ele vem desabilitado por padrão.

Vantagens ao habilitar o Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management)

São muitas as vantagens ao habilitar o Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management). Podemos fazer coisas impressionantes, como reiniciar todos os computadores clientes, coletar diversas informações dos computadores, enfim as possibilidades são infinitas, cabe a você decidir o que deseja fazer.

 

Vamos ao passo a passo.

 

1. No seu controlador de domínio abra o Gerenciado de Política de Grupo (Group Policy Object), usando o comando gpmc.msc em Executar.

 

2. Em Gerenciado de Política de Grupo (Group Policy Object) crie uma GPO.

 

3. Digite um nome para a GPO e clique em OK.

 

4. Clique com o botão direito do mouse na GPO recém-criada e selecione Editar. Navegue para:

Configuração do Computador – Políticas – Configurações do Windows – Configurações de Segurança – Firewall do Windows com Segurança Avançada – Regras de Entrada.

 

5. Clique com o botão direito do mouse em Nova Regra. Depois clique em Predefinida, logo depois selecione Gerenciamento Remoto do Windows, depois clique em Avançar, selecione apenas Gerenciamento Remoto do Windows (HTTP-In) para Perfil Domínio e Particular, para finalizar clique em Avançar e depois em Permitir a conexão, finalize clicando em Concluir.

 

 

Finalizamos a primeira parte.

6. Continue com a janela aberta e navegue para:

Configuração do Computador – Preferências – Configurações do Painel de Controle – Serviços

Clique com o botão direito do mouse em Serviços e escolha NovoServiço. Você precisa configurar a inicialização, o nome do serviço e a ação do serviço como demostrado abaixo:

 

7. Continue com a janela aberta e navegue para:

Configuração do Computador – Políticas – Modelos Administrativos – Componentes do Windows – WinRM (Windows Remote Management) – Serviço WinRM

Agora abra o Permitir gerenciamento de servidor remoto através do WinRM. Depois clique em Habilitado.

Insira os valores para os filtros IPV4 e IPV6. Se quiser que todos os computadores do seu domínio tenha permissão para estabelecer uma conexão cia WinRM, basta digitar *. Se você quiser restringir o acesso a um único computador, recomendo fornecer o endereço IP desse (s) host (s) remoto (s).

Por exemplo, se você quiser que o serviço escute somente endereços IPv4, deixe o filtro IPv6 vazio.

Os intervalos são especificados usando a sintaxe IP1-IP2. Intervalos múltiplos são separados usando uma vírgula (“,”) como delimitador.

Exemplo de filtros IPv4:\n2.0.0.1-2.0.0.20, 24.0.0.1-24.0.0.22

Exemplo de filtros IPv6:\n3FFE:FFFF:7654:FEDA:1245:BA98:0000:0000-3FFE:FFFF:7654:FEDA:1245:BA98:3210:4562

Depois clique em Aplicar e OK.

 

 

8. Agora vincule a GPO a uma UO (Unidade Organizacional) de seus computadores clientes. No meu caso seria o UO Desktops.

 

 

9. Agora devemos atualizar o gpupdate em todos os computadores clientes, clicando com o botão direito do mouse na UO em seguida em Atualização da Política de Grupo. Verificamos também com o comando gpresult /R no computador cliente.

 

10. Vamos fazer um teste conectado a um computador desktop com o Powershell usando o cmdlet Enter-PSSession. Depois verificamos com o cmdlet ipconfig para verificar o ip do computador remoto.

 

Há também um cmdlet útil para testar se tudo está funcionando bem. É chamado Test-WSMan e deve mostrar algo assim:

 

Observação: Este procedimento foi executando usando o Windows Server 2019 e Windows 10 Enterprise Versão 1903.

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 892 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!