Categoria: Windows Server

Artigos relacionados ao Windows Server.

Criação de máquinas virtuais no Windows Admin Center

Olá, tudo bem pessoal?

Criar máquinas virtuais no Hyper-V é uma tarefa muito simples, bastando poucos cliques para sua conclusão. Podemos criar uma máquina virtual tanto pelo Console de gerenciamento Microsoft – Microsoft Management Console (MMC) como também pelo Windows Powershell. Mas agora surgiu uma nova maneira de criar uma máquina virtual, através do Windows Admin Center.

O profissional de TI que teve pouco contato com Windows Admin Center pode ficar meio perdido, aonde encontrar as opções, mas não se preocupe que vou demostrar para vocês, como é fácil criar uma máquina virtual no Windows Admin Center em poucos segundos.

 

Não vamos perder tempo, vamos ao passo a passo.

 

1. Primeiro instale o Windows Admin Center seguindo a documentação oficial: https://docs.microsoft.com/pt-br/windows-server/manage/windows-admin-center/deploy/install

Procedimento muito simples de instalação do Windows Admin Center, bastando poucos cliques para sua conclusão.

 

2. .Após a instalação adicione o servidor host de Hyper-V no Windows Admin Center.

Clique em Gerenciador do Servidor, depois clique em Adicionar, logo depois escreva o hostname do Servidor, exemplo: SR5 clique em Adicionar. Pronto, servidor adicionado ao Windows Admin Center.

 

 

 

 

3. Clique no servidor que acabou de adicionar. Aguarde o carregamento.

 

 

4.  Clique em Estoque.

 

 

5. Clique em Novo. Uma nova janela irá se abrir.

 

 

6. Na janela Nova máquina virtual

 

a. Em Nome, escreva o nome da máquina virtual. 

 

b. Em Geração escolher a geração da sua máquina virtual. Em nosso caso vamos escolher uma máquina virtual geração 2.

Para saber mais sobre gerações de máquinas virtuais, acesso o artigo do amigo Nathan Pinotti  http://www.nathanpinotti.com.br/vm-gerao-1-ou-gerao-2-eis-a-questo/

 

c. Em Processadores virtuais no campo Contagem coloque o número de processadores que você quer que sua máquina virtual tenha. Claro que depende da limitação do seu processador físico.

Selecione ou não se deseja utilizar a virtualização aninhada.

Para saber mais sobre virtualização aninhada acesse o meu artigo sobre virtualização aninhada no Windows Admin Center. https://gabrielluizbh.000webhostapp.com/2019/03/va-wac

 

 d. Em Memória coloque no campo Memória (GB) a quantidade de memória que você quer que sua máquina virtual tenha. Claro que depende da limitação da quantidade de memória que o seu computador tem disponível.

Selecione ou não o uso de memória dinâmica. Para saber mais sobre memória dinâmica acesse o artigo do Rafael Bernards no portal Cooperati. http://cooperati.com.br/2017/04/13/memoria-virtual-no-hyper-v/

 

e. Em Rede não selecione nenhum Adaptador de rede, vamos abordar em um próximo artigo está parte, de como criar um Adaptador de rede virtual.

 

f. Em Armazenamento clique em Adicionar disco, logo depois defina o tamanho do disco em gigas (GB), basta preencher o campo Tamanho (GB).

Se caso necessitar adicionar mais discos a sua máquina virtual, basta clicar em Adicionar disco e preencher novamente o campo Tamanho (GB).

 

g. Em Sistema Operacional selecionamos o campo Instalar um sistema operacional mais tarde. Vamos abordar em um próximo artigo está parte, de como instalar um sistema operacional em uma máquina virtual.

 

h. Com todos os campos preenchidos, basta clicar em Criar para a criação da máquina virtual.

 

Agora é só aguardar a conclusão da criação da máquina virtual pelo Windows Admin Center.

 

 

 

 

Nos próximos capítulos vamos aprofundar mais no gerenciamento de máquinas virtuais pelo Windows Admin Center.

Fique com Deus, até logo!

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 669 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Virtualização aninhada (nested virtualization) no Windows Admin Center

Olá, tudo bem pessoal?

Hoje vamos falar um pouco sobre o Windows Admin Center, mais precisamente da virtualização aninhada (nested virtualization) no Windows Admin Center.

Descobrir recentemente que é possível fazer a virtualização aninhada (nested virtualization) utilizando o Windows Admin Center, bastando apenas um clique para ativar.

Para quem não conhece a virtualização aninhada é um recurso que permite executar o Hyper-V em uma VM (máquina virtual) do Hyper-V. Isso é útil para executar testes de configurações que normalmente exigem vários hosts. Para saber mais sobre virtualização aninhada (nested virtualization) acesse: https://docs.microsoft.com/pt-br/virtualization/hyper-v-on-windows/user-guide/nested-virtualization

Não vamos perder tempo, vamos ao passo a passo.

 

1.Primeiro instale o Windows Admin Center seguindo a documentação oficial: https://docs.microsoft.com/pt-br/windows-server/manage/windows-admin-center/deploy/install

Procedimento muito simples de instalação do Windows Admin Center, bastando poucos cliques para sua conclusão.

 

2. Após a instalação adicione o servidor host de Hyper-V no Windows Admin Center.

Clique em Gerenciador do Servidor, depois clique em Adicionar, logo depois escreva o hostname do Servidor, exemplo: SR5 clique em Adicionar. Pronto, servidor adicionado ao Windows Admin Center.

 

 

 

 

 

3.Clique no servidor que acabou de Adiconar. Aguarde o carregamento.

 

 

4.Clique em Máquinas Virtuais. Aguarde o carregamento.

 

 

5.Clique em Estoque.

 

 

6.Selecione a VM que você deseja ativar a virtualização aninhada (nested virtualization).

 

 

7.Clique em Mais, logo depois em Configurações.

 

 

8.Clique em Processadores.

 

 

9.Selecione a caixa de opção Habilitar virtualização aninhada, logo depois clique em Salvar configurações do processador.

 

 

Pronto, a virtualização aninhada (nested virtualization) já estará habilitada na máquina virtual selecionada.

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 663 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Ferramentas de Administração de Servidor Remoto (RSAT) – (Remote Server Administration Tools) – Windows 10 Versão 1809

Olá pessoal, tudo bem?

A maioria dos profissionais de TI conhece o famoso RSAT (Remote Server Administratiron Tools), aquele pacote adicional que baixamos para poder fazer o gerenciamento remoto de um servidor Windows Server atráves de um Windows cliente (Windows 7, Windows 8, Windows 8.1 e Windows 10), o RSAT inclui o Gerenciador do Servideorsnapins do MMC (Microsoft Management Console), os consoles, os provedores e os cmdlets do Windows PowerShell, além de ferramentas da linha de comando para o gerenciamento de funções e recursos executados no Windows Server.

Acontece que, com a chegada do Windows 10 Versão 1809, o RSAT já não será mais instalado como antigamente, nas versões anteriores que era necessário baixa um pacote MSI instalar e depois adicionar as funções e recursos que iriamos gerenciar. Agora no Windows 10 Versão 1809 é possível instalar o pacote Remote Server Administration Tools, não é necessário procurar na Web ou no Microsoft Download Center, tudo é feito pelo aplicativo (Configurações).

 

1. Abra o aplicativo Configurações e clique em Aplicativos:

Rsat W10 1809 01

 

2. Em seguida clique no link Gerenciar recursos opcionais:

 

Rsat W10 1809 02

 

3. Agora clique no botão Adicionar um recurso:

 

Rsat W10 1809 03

 

4. Você verá os componentes do pacote RSAT na lista de recursos opcionais:

 

Rsat W10 1809 04

 

5. Basta clicar no componente desejado e depois no botão Instalar:

 

Rsat W10 1809 05

 

 

Caso precisar do RSAT para o Windows 10 Versão 1709, Windows 10 Versão1803 e para o Windows Server 2016 pode fazer o download aqui.

 

Agora vem o problema, ao ingressar o Windows 10 Pro Versão 1809 em um domínio, acontece um erro ao tentar adicionar o pacote RSAT.

 

 

 

Fiz várias pesquisas na internet é encontre a solução do problema. 

 

Solução

 

1. Execute o seguinte comando: secpol.mmc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2. Entre em Políticas locais, depois vai em Opções de Segurança e depois clique em Controle de Conta de Usuário: Modo de Aprovação de Administrador para a conta de Administrador Interno, marque Habilitado.

 

 

 

 

3. Reinicie o computador e tente novamente. Pronto agora você verá os componentes do pacote RSAT na lista de recursos opcionais.

Observação: Somente usuários administradores locais ou do domínio podem instalar recursos opcionais.

 

 

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 618 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Novo artigo no ar no portal Cooperati – Hyper-V Réplica em Workgroup – Windows Server 2019

Novo artigo no ar postado no Portal Cooperati.

Neste novo artigo ensino de forma clara é objetiva como configurar o Hyper-V Réplica em Workgroup – Windows Server 2019. Também neste mesmo artigo foi demostrado como funciona o Hyper-V Réplica.

Hyper-V Réplica em Workgroup e ideal para pequenos negócios aonde não há necessidade de ter um AD-DS (Active Directory Domain Services – Serviços de Domínio do Active Directory) mas há uma necessidade de continuidade do negócio.

Um bom exemplo um sistema ERP de uma padaria que é essencial para o negócio. Com o Hyper-V Réplica podemos fazer uma réplica da máquina virtual com sistema ERP, se caso o servidor de réplica 1 falhar, basta ir no servidor réplicar 2 e inicar a máquina virtual com sistema ERP. Pronto o seu sistema ERP da padaria continua no ar.

 

Link para o artigo: http://cooperati.com.br/2019/01/14/hyper-v-replica-em-workgroup-windows-server-2019/

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 586 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Balanceamento de carga de máquina virtual – Windows Server 2016.

As vezes acontece em ambientes de cluster encontramos nós trabalhando duro, hospedando muitas VMs em quanto que outros nós estão no estado ocioso. Isso pode ocorrer após um nó ser reinicializado ou ocorrer um failover.

 

 

O balanceamento de carga de máquina Virtual é um recurso que permite otimizar a utilizando de máquinas virtuais em um Cluster de Failover.

Quando uns dós nós do Cluster de Failover estão com muito processamento, o balanceamento de carga de máquinas virtuais, verifica se não há nenhum dos nós entre os Cluster de Failover subutilizados, então se houver um, o Cluster de Failover executa um Live Migration para o nó subutilizado. Fazendo assim o balanceamento de carga das máquinas virtuais do Cluster de Failover.

 

O recurso em ação

Um novo nó é adicionado ao Cluster de Failover.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando você adicionar um novo nó ao Cluster de Failover, o recurso de balanceamento de carga VM equilibra automaticamente a capacidade dos nós existentes, ao nó recém-adicionado na seguinte ordem:

 

  1. A pressão é avaliada em todos os nós existentes no Cluster de Failover.
  2. Todos nós que exceda o limiar são identificados.
  3. Os nós com a pressão mais elevada são identificados para determinar a prioridade de balanceamento.
  4. VMs são migrados ao vivo (Live Migration), sem nenhum tempo de inatividade (with no down time).

 

Balanceamento de carga de recorrente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando configurado para balanceamento de periódicos, a pressão sobre os nós de cluster é avaliada para equilibrar a cada 30 minutos. Alternadamente, a pressão pode ser avaliada sob demanda. Aqui é o fluxo das etapas:

 

  1. A pressão é avaliada em todos os nós.
  2. Todos nós, excedendo o limite e os que estão abaixo do limiar são identificados.
  3. Os nós com a pressão mais elevada são identificados para determinar a prioridade de balanceamento.
  1. VMs são migrados usando o recurso (Live Migration), sem nenhum tempo de inatividade (with no down time), de um nó que exceda o limiar para nó sob o limiar mínimo.

 

Mergulho profundo no Balanceamento de carga de máquina virtual

 

Balanceamento de carga de máquina Virtual avalia a carga de um nó baseada a seguinte maneira:

  1. A atual utilização da memória: a memória é a restrição de recursos mais comuns em um host do Hyper-V.
  2. CPU utilização do nó em média, uma janela de 5 minutos: atenua um nó do cluster, tornando-se excessivamente comprometido.

 

Controlar a agressividade de balanceamento

A agressividade do balanceamento com base na utilização da memória e CPU pode ser configurada usando a propriedade comum de cluster ‘AutoBalancerLevel’. Para controlar a agressividade, execute o seguinte no PowerShell:

 

AutoBalancerLevel Agressividade Comportamento
1 (padrão) Baixa Mover-se quando o host tem uma utilização de 80 %
2 Médio Mover-se quando o host tem uma utilização de 70 %
3 Alta Mover-se quando o host tem uma utilização de 60 %

 

 

Controlando o balanceamento de carga de VM

O balanceamento de carga de VM é habilitado por padrão e quando ocorre a balanceamento de carga pode ser configurado pela propriedade comum cluster ‘AutoBalancerMode’.

 

Usando o Gerenciador de Cluster de Failover:

  1. Botão direito do mouse sobre o nome do cluster e selecione a opção “Propriedades”
  2. Selecione o painel “Balanceador”

Usando o PowerShell:

Execute o seguinte:

 

AutoBalancerMode Comportamento
0 Com deficiência
1 Balanceamento de carga na junção do nó
2 (padrão) Balanço na junção do nó e a cada 30 minutos de carga

 

VM balanceamento vs o System Center Virtual Machine Manager dinâmico otimização

O recurso de equidade de nó, fornece a funcionalidade de caixa de entrada, que é voltada para implantações sem System Center Virtual Machine Manager (SCVMM). SCVMM Otimização dinâmica é o mecanismo recomendado para o balanceamento de carga de máquina virtual em cluster para implantações do SCVMM. SCVMM desativa automaticamente o balanceamento de carga VM Windows Server quando otimização dinâmica está habilitada.

 

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 586 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

 

Comment

Gerenciamento do Hyper-V Server 2019 em Workgroup.

Hoje vamos falar sobre o gerenciamento do Hyper-V Server 2019 em Workgroup (Grupo de Trabalho).

O Hyper-V Server a maioria dos profissionais de TI já o conhece, aquela versão free do Windows Server que só tem somente a função de Hyper-V. Com ela é possível virtualizar seu ambiente pagando nada de licenciamento, claro se estiver utilizando máquinas virtuais Linux, se estiver utilizando uma máquina virtual Windows 10 por exemplo, deve pagar apenas o licenciamento do Windows 10.

A cada lançamento de uma versão do Hyper-V Server sempre muda algum comando ou outro para que o seu gerenciamento em Workgroup (Grupo de Trabalho) funcione corretamente, no Hyper-V Server 2019 não foi diferente. Usei a mesma configuração que utilizei no Hyper-V Server 2016, mas infelizmente sempre um erro de acesso negado aparecia. Fiz uma pesquisa na internet, achei vários comandos que poderia me levar ao sucesso de conseguir gerenciar o Hyper-V 2019 em Workgroup (Grupo de Trabalho) pelo Windows 10. Finalmente depois de vários testes conseguir com sucesso estar configuração. Então resolvi fazer um vídeo e um script e compartilhar para todos.

Oficialmente o Hyper-V Server 2019 só estar disponível para quem tem assinatura MSDN, em breve a Microsoft deve disponibilizar para todos os usuários.

 

Sistemas operacionais utilizados:

Hyper-V Server 2019.

Windows 10 Entreprise versão 1809.

 

Link para o download do script no GitHubhttps://github.com/gabrielluizbh/manager-hyper-v-server-2019-workgroup

 

 

 

 

 

Vídeo:

No vídeo foi demostrado de forma clara e objetiva o passo a passo para obter sucesso no gerenciamento do Hyper-V Server 2019 no Windows 10, por isso o ficou um pouco extenso. Se quiser você pode saltar a etapas do vídeo, bastando clicar nos minutos.

 

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 578 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

 

Comment

Descobrindo o Storage Spaces Direct.


Capa do livro

Gostaria de aprender mais sobre Storage Space Direct?

A dica é comprar o livro do autor Erik Filippini que se chama Descobrindo o Storage Spaces Direct.

O livro estar sendo vendido por apenas R$ 1,99 na Amazon.

Descrição do livro

Este e-book visa apresentar ao leitor uma introdução ao produto da Microsoft voltado à Storage Definido por Software (SDS), o Storage Spaces Direct, e para alcançarmos este objetivo, serão apresentados conceitos como Datacenter Definido por Software e Hiperconvergência. Serão expostos os conceitos principais voltados ao produto de forma direta e objetiva, sempre tendo em vista o olhar mais próximo ao mundo real.

Link para compra do livro: https://www.amazon.com.br/dp/B07GPSZP7F

Mais informações sobre o autor Erik Filippini acesse o seu Linkedin: https://br.linkedin.com/in/erikfilippini

Comment

Início do horário de verão no Brasil.

Com a alteração da data do início do horário de versão no Brasil por conta das eleições 2018, muitos computadores e servidores podem mostrar a hora errada, causando uma confusão nos servidores e computadores da sua empresa.

A Microsoft não perdeu tempo já lançou uma correção deste problema.  Para isso basta instalar em todos os servidores e computadores da sua empresa o patch de correção.

Link para download e maiores informações: https://blogs.technet.microsoft.com/risco/2018/10/17/horario-de-verao-no-brasil-inicia-04-de-novembro-de-2018-lista-de-kb/

Se sua empresa possui muitos computadores e servidores o ideal e ter um servidor WSUS (Windows Server Update Service) implantando. Para que não conhece o WSUS ou não sabe como implantar um servidor WSUS (Windows Server Update Service), leiam a série de artigos sobre o WSUS que foi publicado no portal Cooperati.

 

1 – O que é WSUS – Planejando sua implantação

http://cooperati.com.br/2017/06/29/o-que-e-wsus-planejando-sua-implantacao/

2 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS

http://cooperati.com.br/2017/07/14/2-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

3 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/08/04/3-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

4 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/08/22/4-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

5 – Continuação, instalação da Função WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/09/05/5-instalacao-da-funcao-wsus-continuacao/

6 – Continuação – Configurar o WSUS – Parte 1 – Configurar Conexões de Rede e Assistente de Configuração do WSUS.

http://cooperati.com.br/2018/01/09/6-continuacao-configurar-o-wsus-parte-1-configurar-conexoes-de-rede-e-assistente-de-configuracao-do-wsus/

Comment

Avaliação de Windows Server 2019 e Windows 10 October 2018 Update (Windows 10 Atualização de Outubro) indisponível

A avaliação de Windows Server 2019 esteve disponível por algumas horas para download, depois disso ele foi removida. Esse mesmo problema ocorreu com Windows 10 October 2018 Update (Windows 10 Atualização de Outubro). A Microsoft ainda está investigando o que está correndo, muitos usuários relataram que arquivos sumiram após a atualização. A Microsoft recomenda que se você já tiver baixado a mídia, por favor não instale e espere até que mais informações estejam disponíveis para prosseguir com atualização.

Maiores informações acesse aqui.

Comment

6 artigos postados no portal Cooperati.

Bom dia a todos!

Faz um tempo que não posto artigos aqui, mas isso tem um bom motivo. Postei seis artigos no portal Cooperati são eles:

Storage Pool (Espaços de armazenamento) no Windows 10

Utilizando Compartilhamento e Sessão SMB na “unha” – Parte 1

Utilizando Compartilhamento e Sessão SMB na “unha” – Parte 2 

Como automatizar a criação de máquinas virtuais para laboratório utilizando um script de Windows Powershell

AppLocker no Windows 10 Enterprise

Storage Migration Service (Serviço de Migração de Armazenamento)

Comment

www.000webhost.com