Tag: Windows Server

Gerenciamento Remoto do Windows por GPO

Olá pessoal, tudo bem?

Primeiramente gostaria de informar que este artigo é muito importante, pois ele será um pré-requisito de outros artigos que virão.

O Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management) é um recurso bastante poderoso na administração remota do Windows. A partir do Windows Server 2012 ou superior, ele vem habilitado por padrão, mas em sistemas operacionais clientes, como Windows 7, Windows 8 e Windows 10 ele vem desabilitado por padrão.

Vantagens ao habilitar o Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management)

São muitas as vantagens ao habilitar o Gerenciamento Remoto do Windows (Windows Remote Management). Podemos fazer coisas impressionantes, como reiniciar todos os computadores clientes, coletar diversas informações dos computadores, enfim as possibilidades são infinitas, cabe a você decidir o que deseja fazer.

 

Vamos ao passo a passo.

 

1. No seu controlador de domínio abra o Gerenciado de Política de Grupo (Group Policy Object), usando o comando gpmc.msc em Executar.

 

2. Em Gerenciado de Política de Grupo (Group Policy Object) crie uma GPO.

 

3. Digite um nome para a GPO e clique em OK.

 

4. Clique com o botão direito do mouse na GPO recém-criada e selecione Editar. Navegue para:

Configuração do Computador – Políticas – Configurações do Windows – Configurações de Segurança – Firewall do Windows com Segurança Avançada – Regras de Entrada.

 

5. Clique com o botão direito do mouse em Nova Regra. Depois clique em Predefinida, logo depois selecione Gerenciamento Remoto do Windows, depois clique em Avançar, selecione apenas Gerenciamento Remoto do Windows (HTTP-In) para Perfil Domínio e Particular, para finalizar clique em Avançar e depois em Permitir a conexão, finalize clicando em Concluir.

 

 

Finalizamos a primeira parte.

6. Continue com a janela aberta e navegue para:

Configuração do Computador – Preferências – Configurações do Painel de Controle – Serviços

Clique com o botão direito do mouse em Serviços e escolha NovoServiço. Você precisa configurar a inicialização, o nome do serviço e a ação do serviço como demostrado abaixo:

 

7. Continue com a janela aberta e navegue para:

Configuração do Computador – Políticas – Modelos Administrativos – Componentes do Windows – WinRM (Windows Remote Management) – Serviço WinRM

Agora abra o Permitir gerenciamento de servidor remoto através do WinRM. Depois clique em Habilitado.

Insira os valores para os filtros IPV4 e IPV6. Se quiser que todos os computadores do seu domínio tenha permissão para estabelecer uma conexão cia WinRM, basta digitar *. Se você quiser restringir o acesso a um único computador, recomendo fornecer o endereço IP desse (s) host (s) remoto (s).

Por exemplo, se você quiser que o serviço escute somente endereços IPv4, deixe o filtro IPv6 vazio.

Os intervalos são especificados usando a sintaxe IP1-IP2. Intervalos múltiplos são separados usando uma vírgula (“,”) como delimitador.

Exemplo de filtros IPv4:\n2.0.0.1-2.0.0.20, 24.0.0.1-24.0.0.22

Exemplo de filtros IPv6:\n3FFE:FFFF:7654:FEDA:1245:BA98:0000:0000-3FFE:FFFF:7654:FEDA:1245:BA98:3210:4562

Depois clique em Aplicar e OK.

 

 

8. Agora vincule a GPO a uma UO (Unidade Organizacional) de seus computadores clientes. No meu caso seria o UO Desktops.

 

 

9. Agora devemos atualizar o gpupdate em todos os computadores clientes, clicando com o botão direito do mouse na UO em seguida em Atualização da Política de Grupo. Verificamos também com o comando gpresult /R no computador cliente.

 

10. Vamos fazer um teste conectado a um computador desktop com o Powershell usando o cmdlet Enter-PSSession. Depois verificamos com o cmdlet ipconfig para verificar o ip do computador remoto.

 

Há também um cmdlet útil para testar se tudo está funcionando bem. É chamado Test-WSMan e deve mostrar algo assim:

 

Observação: Este procedimento foi executando usando o Windows Server 2019 e Windows 10 Enterprise Versão 1903.

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 892 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Inicie o PowerShell como padrão – Windows Server Core

Olá pessoal, tudo bem?

Por padrão o Windows Server Core inicia o cmd por padrão. O porquê disso eu não sei, mas é chato, porque o Windows Powershell é sem dúvida o futuro da administração do sistema operacional Windows.

Recomendo sempre instalar a versão Server Core, seja para controladores de domínio, dns, servidor de arquivos e muito mais. Uma versão Server Core tem menos atualizações, menos superfície de ataque e menos utilização de espaço em disco.

Essa chave será alterada.

Vamos ao passo a passo.

 

1. Basta seguir o passo a passo demostrado na imagem animada abaixo:

a. Execute o cmdlet para abrir o Powershell.

 

b. Logo em seguida digite o cmdlet para alterar a chave de registro, adicionando o Powershell como padrão na inicialização.

 

c. Execute o cmdlet abaixo para reiniciar o servidor.

 

 

Pronto, agora é só logar novamente que o servidor.

 

 

Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 935 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Novo Portal Cooperati!

Olá pessoal, tudo bem?

Portal Cooperati, no qual é faço parte estar de visual novo, não só somente o visual, mas também o site ficou mais rápido o seu carregamento. Agora temos dois patrocinadores. Hosts Green e Desk Manager, que acreditaram no sonho e possibilitaram uma mudança radical! Agora temos uma equipe de redação e análise de posts, bem como instruções e técnicas para que os textos sejam cada vez mais profissionais.

(Novo portal Cooperati)

 

Para comemorar esta nova fazer do portal Cooperati, estou postando um novo artigo com vídeo. Assunto é Cluster de Failover. Demostro como implantar e configurar um Cluster de Failover no Windows Server 2019.

Link do artigo:https://cooperati.com.br/ha-ws-2019/

Então não perca tempo, corre lá!

Comment

Storage Spaces Direct Calculator Preview

Olá, tudo bem?

Hoje vamos aprender a calcular os discos para utilização do S2D, o famoso Storage Spaces Direct.

Para quem não conhece e não sabe o que é Storage Spaces Direct, acesse aqui o link para maiores informações.

Storage Spaces Direct Calculator Preview calcula para você qual será o espaço que pode ser utilizado. Basta você informar o número de nós e quantidade de discos que cada nó possui e a resiliência. Pronto ele calcula para você.

Maiores informações para o planejamento dos discos acesse aqui o link.

Link para SD2 Calculadora aqui

Vamos ao passo a passo para aprender a utilizar a calculadora.

1. Choose Your Drives (Escolha suas unidades de discos).

Adicione os números de discos que cada nó possui, sua capacidade e tipo.

 

Count = Quantidade

Capacity = Capacidade

Type = Tipo

 

Exemplo: São 4 nós, cada um com 4 discos HDD com capacidade de 1 TB e 1 disco SSD com capacidade de 1 TB.


2. Choose Your Scale (Escolha sua escala) que é a quantidade de nós do seu cluster.

O mínimo e 2 nós e máximo de 16 nós.

 


3. Choose Your Resiliency (Escolha sua resiliência).

Quanto maior a porcentagem da resiliência menos espaço de armazenamento você vai ter.

Para saber mais consulte o link de planejamento dos discos.

Observação: Se você colocou somente dois nós este campo não irá aparecer.

 

 


Pronto, o resultado aparece logo abaixo.

O que está de azul é que pode ser utilizado para armazenamento.

O que estar de preto é utilizado para a resiliência.

O que estar de cinza é utilizado para reserva.

Em nosso exemplo simula um S2D com 4 nós, cada nó com quatro discos de 1.0 TB e um disco SSD que foi utilizado para cache em cada nó. Tivemos uma eficiência de 33 %. Para saber mais detalhes clique em ?.


Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 845 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

 

Comment

Instalação do subsistema do Windows para Linux (WSL) no Windows Server 1903

Olá, tudo bem pessoal?

Hoje vamos aprender a instalar o subsistema do Windows para Linux (WSL) no Windows Server 1903.

O Windows Subsystem para Linux permite que os desenvolvedores executem o ambiente GNU / Linux – incluindo a maioria das ferramentas de linha de comando, utilitários e aplicativos – diretamente no Windows, sem modificações, sem a sobrecarga de uma máquina virtual.

Para execução do Subsistema Windows para Linux no Windows Server você deve estar rodando a versão 1709 ou posterior.

Será instalado a versão Ubuntu 18.04.

Agora vamos ao passo a passo.

Primeira coisa e instalar o subsistema do Windows para Linux (WSL) no Windows Server 1903.

1.Abra o PowerShell como administrador e execute o seguinte comando:

 

Aperte a tecla Y e aperte enter para reiniciar o servidor. Essa reinicialização é necessária para garantir que a WSL possa iniciar um ambiente de execução confiável.

 


2. Baixe uma distribuição Linux de sua preferência.

Maiores informações acesse: https://docs.microsoft.com/en-us/windows/wsl/install-manual

Escolhemos a versão Ubuntu 18.04 para baixar.

Para baixar execute o seguinte comando no PowerShell como administrador:

 

Aguardem todo processo de download terminar.


3. Agora vamos extrair o contéudo, execute o seguinte comando no PowerShell como administrador:

 


4. Agora navegamos até a pasta Ubuntu.

 


4. Pronto, agora para concluir a instalação execute a sua distribuição Linux como o seguinte comando no PowerShell como administrador:

 


5. Instalação foi concluida com sucesso, agora entre com o nome do usuário que deseja criar.

 

6. Agora crie a senha e repita a senha.

 

 

Pronto Ubuntu 1804 instalado no Windows Server 2019 1903. Para acessar novamente pasta navegar até a pasta o Ubuntu e executar o executavel ubuntu1804.exe

 


Inscreva-se no meu canal do Youtube também, já chegamos a marca de 833 inscritos!

Mais uma vez o meu muito obrigado!

Comment

Início do horário de verão no Brasil.

Com a alteração da data do início do horário de versão no Brasil por conta das eleições 2018, muitos computadores e servidores podem mostrar a hora errada, causando uma confusão nos servidores e computadores da sua empresa.

A Microsoft não perdeu tempo já lançou uma correção deste problema.  Para isso basta instalar em todos os servidores e computadores da sua empresa o patch de correção.

Link para download e maiores informações: https://blogs.technet.microsoft.com/risco/2018/10/17/horario-de-verao-no-brasil-inicia-04-de-novembro-de-2018-lista-de-kb/

Se sua empresa possui muitos computadores e servidores o ideal e ter um servidor WSUS (Windows Server Update Service) implantando. Para que não conhece o WSUS ou não sabe como implantar um servidor WSUS (Windows Server Update Service), leiam a série de artigos sobre o WSUS que foi publicado no portal Cooperati.

 

1 – O que é WSUS – Planejando sua implantação

http://cooperati.com.br/2017/06/29/o-que-e-wsus-planejando-sua-implantacao/

2 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS

http://cooperati.com.br/2017/07/14/2-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

3 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/08/04/3-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

4 – Continuação, planejando sua implantação do WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/08/22/4-continuacao-planejando-sua-implantacao-do-wsus/

5 – Continuação, instalação da Função WSUS.

http://cooperati.com.br/2017/09/05/5-instalacao-da-funcao-wsus-continuacao/

6 – Continuação – Configurar o WSUS – Parte 1 – Configurar Conexões de Rede e Assistente de Configuração do WSUS.

http://cooperati.com.br/2018/01/09/6-continuacao-configurar-o-wsus-parte-1-configurar-conexoes-de-rede-e-assistente-de-configuracao-do-wsus/

Comment

Meu primeiro artigo memorável para o maior portal de tecnologia do Brasil – Cooperati

Olá pessoal.

Estou participando do Projeto B-Expert, aonde o profissional de tecnologia da informação mais influente e prestigiado do Brasil, o famoso Rafael Bernardes, vai dá aquela força para alavancar minha carreira.

Não somente eu participo desse projeto, são apenas 10 pessoas escolhidas para participar desse projeto.

O projeto se trata de escrever artigos para o maior portal do Brasil, Cooperati, todo mês vou escrever um artigo memorável para o portal.

Venho informar a todos vocês, o meu primeiro artigo memorável para o portal Cooperati já se encontra-se no ar, de quebra vocês ainda poderão baixar um conteúdo extra exclusivo.
Neste artigo falo sobre mitos e verdades sobre armazenamento de arquivos nas empresas.
No mais, muito obrigado pela sua atenção,
continue prestigiando o meu trabalho, compartilhando os meus vídeos, meus
artigos, assim você poderá ajudar também, cada vez mais pessoas, e também
ajudar a comunidade em tecnologia da informação crescer.
Comment

Gerenciar a integridade do sistema no Windows Server 2012 R2 Essentials.

Gerenciar alertas no Windows Server nunca foi uma tarefa fácil, mesmo com visualizador de eventos a muita informação que aparece para o administrador do servidor, é aquele alerta critico que é mais essencial para o administrador,não parece com tanta facilidade, como prioridade no Visualizador de Eventos, a pessoa responsável pela verificação desses alertas, tem que ficar procurando no Visualizador de Eventos os alertas essenciais para ao funcionamento diário do servidor.
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
Com Windows Server Essentials 2012 R2 tudo fico mais fácil, para a pessoa responsável pelo gerenciamento do servidor. Windows Server Essentials monitora ativamente a cada computador que está conectado ao servidor e alerta o administrador problemas relacionados a integridade do sistema, incluindo atualizações essenciais, falta de proteção contra malware, definições de vírus desatualizadas nos computadores cliente e outras questões importantes que exigem ação. Esses problemas são exibidos como alertas no Visualizador de alertas, que pode ser iniciado no Painel do servidor ou barra inicial do computador cliente no Windows Server 2012 Essentials ou na guia Relatórios de integridade do Windows Server 2012 R2 Essentials. Por padrão, os alertas são atualizados a cada trinta minutos, mas você pode avaliar sua rede para alertas a qualquer momento, clicando em Atualizar no Visualizador de alertas ou no guia Relatórios de integridade.
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
Como Windows Server Essentials é possível personalizar o conteúdo do relatório que será gerado pelo servidor é até mesmoenviar relatórios por e-mail utilizando sua conta de e-mail, como G-Mail, Yahoo entre outros.
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
Há três observações a se fazer com relação ao Gerenciar a integridade do sistema no Windows Server Essentials:
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
No Windows Server 2012 R2 Essentials e no Windows Server 2012 R2 com a função Experiência do Windows Server Essentials instalada, os alertas de integridade do servidor e computadores cliente na rede não são mais exibidos no Visualizador de Alertas, mas na guia Relatórios de Integridade da página Início.
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
Windows Server 2012 Essentials: É possível baixar o suplemento Relatório de Integridade para Windows Server 2012 Essentials no Centro de Downloadda Microsoft.
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Windows Server 2012 R2 Essentials: Por  padrão, o suplemento de relatório de integridade é integrado com o Windows Server 2012 R2 Essentials ou o Windows Server 2012 R2 com a função Experiência do Windows Server Essentials instalada, e os relatórios de integridade são exibidos na guia Relatórios de Integridade da página Início do Painel.

Maiores informações: https://technet.microsoft.com/pt-br/library/jj713532(v=ws.11).aspx

Vamos ver no vídeo como e fácil fazer a configuração desse alerta no Windows Server Essentials 2012 R2.

Vídeo:

Comment

Vídeo explicando de como bloquear programas executáveis em computadores com AppLocker e também em mídias removíveis.

Olá pessoal.
000000000000000000000000000000000000000000000000000
Neste vídeo demostro o passo a passo de como bloquear programas executáveis em computadores com AppLocker e também em mídias removíveis.
000000000000000000000000000000000000000000000000000
AppLocker fornece aos administradores de uma variedade de métodos para a determinação rápida e concisa a identidade de aplicativos que eles podem querer restringir, ou permitir o acesso. AppLocker podem controlar os formatos de arquivo listados:
000000000000000000000000000000000000000000000000000
.exe, .com, .ps, .bat, .cmd, .vbs, .js, .ms, .msp, .mst, .dll, .ocx, .appx.
000000000000000000000000000000000000000000000000000
Você aplicar AppLocker por meio da Diretiva de Grupo para objetos de computador dentro de uma UO. Você também pode aplicar regras Individual AppLocker para AD DS usuários individuais ou grupos.
000000000000000000000000
Referencias:
000000000000000000000000
000000000000000000000000
000000000000000000000000
000000000000000000000000
Requisitos:
000000000000000000000000
Sistemas Operacional Windows Server 2012 R2 E Windows 8.1 Enterprise.
000000000000000000000000
Serviço de AD-DS instalado e configurado.
000000000000000000000000
Computador cliente ingressado no domínio.

000000000000000000000000

Laboratório de Configuração.
000000000000000000000000
000000000000000000000000
Vídeo:
000000000000000000000000
Comment

Windows Server 2012 R2 Essentials – Criação de usuários

Depois de um tempo sem fazer videos demostrativos, volto com tudo!

Em breve mais videos do Windows Server 2012 R2 Essentials.

Continuando a série de videos explicativos dos recursos do Windows Server 2012 R2 Essentials, hoje demostrarei como e feita a criação de usuários.

Tudo no Windows Server 2012 R2 Essentials e mais fácil, criação de usuários e muito simples.

 

Vídeo:

 

Comment

www.000webhost.com